quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Um conto para guardar na estante



“(...) Mensageiro era enaltecido com euforia –
Que desenvoltura, que tranquilidade, que graça!
E quanta serenidade! Era notável a sua sabedoria,
Estava estampada na cara!

Ele havia comprado um grande mapa do mar,
Que de terra não se via um traço:
E a tripulação ficou feliz ao constatar
Que o decifraria com desembaraço (...).”

Canto Dois – O Discurso do Mensageiro

Lançado em agosto de 2017, o livrinho de poema nonsense do autor Lewis Carroll ganha uma edição caprichada em sua nova edição. Fora há muitos anos das prateleiras das livrarias do país, a obra retorna as estantes através da editora Record que lança com o selo Galera Junior.
 
Com ilustrações de Chris Riddell, talentoso artista das séries Otolina e A Garota Gotic – livrinhos que folhearemos aqui neste espaço – e tradução da poeta Bruna Beber, A Caça ao Snark é uma leitura divertida.

Mas você pode estar se perguntando e não sem razão. Afinal, o que é um Snark? Isso você apenas descobrirá lendo a obra. Carroll apenas nos alerta que é difícil descrever um Snark, mas que, com certeza, quando você o vir será imbatível.
 
Entre no navio e zarpe ao lado do Mensageiro e da sua tripulação. Um Sapateiro, um Chapeleiro, um Juiz de Bilhar, um Corretor, um Advogado, um Açougueiro, um Banqueiro, um Padeiro e um Castor que, juntos, partem em uma jornada de perseguição a essa estranha criatura.

O final é surpreendente!